Reminiscências | Re-existência
50560
portfolio_page-template-default,single,single-portfolio_page,postid-50560,ajax_fade,page_not_loaded,,select-theme-ver-2.1,smooth_scroll,big_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive
 

Re-existência

Re-existência

Re-existência é um experimento cênico que paira sob o solo sagrado de uma religiosidade trazida pelos negros a muitas décadas para o Rio Grande do Sul, conhecida como Nação africana ou Batuque gaúcho, simbolizada por um universo magico e mitológico, povoado por orixás, rituais, crenças, cantigas e danças. É no pulsar da resistência para cultivar seus dogmas e ancestralidade africana que esse experimento traz a história de vida de quem sobrevive e respira essa religião, mostrando algumas de suas cores, cheiros, cantos e especialmente a expressão energética desta crença, que baseada nas forças e manifestações da natureza se concebe. Re-existência dá voz, corpo e grito para a ancestralidade africana, levando para a cena a energia e a força de uma crença tão estigmatizada, invisibilizada e demonizada socialmente.

Ficha técnica

Concepção, criação e atuação: João Tomaz Santos
Assessoria de direção: Grupo teatral Reminiscências
Produção: Ingrid Lucas
Iluminação: Fabio Libardi
Criação sonora: Maisson Carvalho, Vinicius Passos, Luandra Sant’Anna
Fotos: Carlos Eduardo Carvalho
Figurino: Joao Tomaz e Marco Bittencourt
Duração do espetáculo: 45 min
Indicação etária: A partir dos 14 anos

Duração do Espetáculo

40 min

Público

Livre